A Autossabotagem e suas consequências

A Autossabotagem e suas consequências

Você sabe o que é autossabotagem?

Trata-se de autossabotagem, alguns pensamentos disfuncionais ou crenças limitadoras que criam obstáculos e levam a pessoa a creditar que não é capaz de conseguir ou de realizar algo, impedindo assim esse indivíduo de alcanças seus objetivos.

Para exemplificar essa conceituação, podemos pensar na recusa de uma oportunidade, a procrastinação de alguma responsabilidade pensando que não é capaz de fazê-la, parar ou desistir de projetos e objetivos no meio do caminho, acreditando que irá fracassar de qualquer jeito, permitir que outras pessoas tomem decisões por você, acreditando que nunca sabe o que fazer ao certo, e até mesmo deixar de suprir algumas necessidades por pensar que não precisa ou que não merece ter aquilo.

Um exemplo muito válido e comum, é quando a autossabotagem ocorre durante um processo de reeducação alimentar ou de emagrecimento.

Os principais motivos que nos levam a nos autossabotar

Dentre os principais motivos,  a autossabotagem pode ter origem de alguns traços de personalidade e até mesmo de vivência de eventos traumáticos ocorridos durante a infância e adolescência. Indivíduos com pensamentos disfuncionais de rejeição, baixa auto-estima, abandono e fracasso, tem mais propensão à comportamentos autossabotadores. Para ilustrar, baseada na Terapia Cognitivo Comportamental, pensamentos automáticos são um fluxo de pensamentos que vem á mente rapidamente, e que nem sempre são verdadeiros, mas podem causar ansiedade, comportamentos depressivos e de autossabotagem.

Eles podem ser trabalhados e modificados na psicologia clínica quando causarem prejuízos aos indivíduos.

Como identificar os padrões da autossabotagem e o que fazer?

A autossabotagem não causa apenas prejuízos relacionados ao o trabalho ou na vida pessoal dos indivíduos. Ela pode também desencadear e ser identificada, quando relacionada á problemas graves como ansiedade, depressão, obesidade, diabetes e vários outros problemas físicos e mentais.

É válido citar ainda que casos mais graves, os comportamentos autossabotadores podem fazer com que a pessoa se auto mutile, como forma de punição e impedimento do alcance de objetivos e sucesso.

Mas, o que fazer? Na verdade, o primeiro passo para se livrar de pensamentos e sentimentos autossabotadores, é tomar consciência da existência dos mesmos.

Muitas vezes, tomamos nossos pensamentos como reais e aceitamos o que ele nos impõe. Mesmo sendo uma coisa ruim, uma catástrofe ou uma auto visão de fracasso e incapacidades.

Quando tomamos consciência desses processos e confrontamos a veracidade desses pensamentos, na maioria das vezes em um setting terapêutico isso se faz possível, eles perdem a força e a capacidade de fazer uma pessoa se autossabotar.

O auto conhecimento é uma das principais estratégias para quebrar esses padrões. O mesmo leva a capacidade de readequação.

 Quando é o momento de  procurar ajuda?

Seja na vivência da autossabotagem, ou na vivência de qualquer outra situação que te cause sofrimentos e prejuízos na sua rotina e qualidade de vida, este é o momento certo de buscar ajuda!

Atualmente, temos várias plataformas que oferecem serviços de atendimento psicológico on-line com profissionais capacitados e de forma segura e simplificada como Vittude, Você Bem On-Line, dentre várias outras formas de acesso. Hoje a busca por ajuda psicológica se tornou rápida, segura e essencial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: